Páginas

sexta-feira, agosto 21, 2009

Lugar de mulher é onde mesmo,hein?

Quem responder que é na cozinha antes de começar ler este post ou até mesmo depois de ler, eu juro que fico de mal!

empregada2

Se eu tivesse que definir papai e mamãe, eu diria que fui criada por uma Amália e um machista, sério? Pera ae, não fiquem tristes, não vou avacalhar papy e mamy aqui no blog, só quero, através deste exemplo, justificar minha postura de "mulher muderna".

Para ajudar mamy que voltou a trabalhar fora quando eu tinha doze aninhos de idade, eu dava duro nos afazeres domésticos, era responsável por quase todo serviço lá de casa, e dei conta, viu?

No começo eu ficava toda orgulhosa, só que com o tempo eu fui percebendo qual era a postura deles.Certa vez perguntei ao meu pai: -Pai, agora que mamãe está trabalhando e a renda aqui de casa aumentou, porque vocês não arrumam uma empregada?Sabe qual foi a resposta dele? -Com quatro mulheres dentro de casa (mamy e três filhas) eu vou gastar meu dinheiro com empregada pra quê?

Mamy nunca reclamou, na opinião dela isso é obrigação da mulher, e só da mulher, papai nunca lavou um copo lá em casa. Quando a minha arrumação não estava do gosto dela, ela dizia que quando eu casasse meu marido iria me chamar de relaxada,pode?

Hoje sou casada quem o chama o marido de relaxado sou eu. Vingança? Escuta só!

Quando tinha dois meses de casada, decidi contratar um Auxiliar de afazeres domésticos, pelo seguinte motivo, primeiro que meu tempo era curto,e ainda é, mas com um esforço eu até daria conta do recado, mas não me esforcei por perceber que seria em vão, já que marido não queria me ajudar a fazer nada, e o pior, não conservava o que eu limpava. Chegava com sapato sujo da rua e passava dentro de casa no chão branquinho que eu havia acabado de limpar, quando não, deitava com o corpo suado no lençol limpinho que eu acabara de trocar. Dei um basta!

Não sou empregada de ninguém, muito menos escrava. A casa é dos dois, portanto a convervação e limpeza da mesma é obrigação de ambas as partes, e se ele não quer fazer a parte dele, eu não tenho obrigação de continuar fazendo a minha. Daí surgiu Jarilene(vulgo)!

Em momento algum ele se negou a contratar, achei muito honesto da parte dele.Ele sabe que não quer fazer mas também não me obriga a ser mucama dele.

Nós aqui em casa, por motivos de força maior, tivemos que cortar alguns gastos, mas em momento algum se cogitou a hipótese de despedir(nome feio, né?)a minha AAD. Jarilene continua intocável,firme e forte no batente!I love you forever Jari!

E por essas e outras que eu afirmo lugar de mulher é no cabeleireiro, no escritório, no shoping, no motel, na academia,na faculdade, enfim...qualquer lugar que a valorize e que não gaste a sua beleza.Yes!

Beijos!!!

SYL!!!:D

7 comentários:

Dona Amanda disse...

Oi, Pam!!!! Obrigada pela visitinha. Vou adicionar seu blog, tá? Meu marido pelo menos, cozinha. Mas larga aquela zona na cozinha. Até no chão sobra comida!!! Eu não faço nada, contratamos uma faxineira 2X por semana (segunda e sexta) e largo td pra ela fazer, horas.
Vale o investimento!!! Eu odeio limpar casa!!!

Bjs!!!!

♥ Boneca de trapu ♥ disse...

Oie, ao acaso achei seu blog e amei !!
Este post tem minha cara, estou pra casar e já avisei ou o maridão me ajuda, ou terá mais um gasto.Rs.

Adoro fazer uma faxina, mas a limpeza diaria me mata!

rs ..

bju!!

Dani Halliday disse...

Concordo em gênero, número e gráu!
Eu moro com meu "marido Oscar" que é um bagunceiro de primeira linha e se deixar não faz nadica de nada. Eu adoro casa limpa e arrumada, mas tenho a Dadá na minha vida 1x por semana e amoooo a dita cuja! Rsrsrs!!

Bju e bom findi!

Jane Murback disse...

Embora eu seja empregada da minha empregada e trate ela melhor do que trato a mim mesma, declaro para os devidos fins: não vivo sem elaaaaaaaaaaaa!
Bjo

Brenda disse...

Tenho alma de Jari. [oi?] adoro limpar e manter limpo
Mas não sou gato pra ter filho barbado. Ou ajuda a limpar e a conservar ou trate de cair fora.
Tem piru de plástico adoidado por aí. hehehe

Kira! disse...

Minha mãe trabalhava fora até as 15 hrs, nesse tempo eu tinha uma babá/empregada e quando minha mãe chegava ainda dava uma ajeitada em umas coisas do jeito que ela gostava...Essa é a imagem que tenho dela. E espero que eu consiga ser como ela um dia!
Hoje, cuido da casa, não acho ruim, ainda dou conta apesar da minha gravidez, já tenho costume e como não posso trabalhar fora (cuido do meu pai também) faço as coisas em casa, CLARO que alguém pra me ajudar seria uma beleza, só que como a grnaa aqui ta curta, eu sempre penso " comprar um armário novo ou contratar alguém?" e sempre escolho deixar de lado alguém pra me ajudar, pelo menos por enquanto.
Com a chegada do bebê será inevitável, pelo menos no início até eu me acostumar com a nova rotina.
Hoje em dia até hoje tem gente que pensa que tem de fazer tudo para o marido, que esse é o exemplo de boa esposa sabe?Eu faço porque me sinto útil fazendo, ocupo meu tempo, e deixo as coisas em ordem, mas aqui todo mundo colabora, e ninguém me trata como empregada hahaha.


Beijos

Dri Viaro disse...

Tem uma promoçãozinha no blog, participe
bjs

boa semana